BIODIVERSIDADE Y GESTÃO DE RESIDUOS

aviso flora y fauna

GESTION DE RESIDUOS

IMPORTÂNCIA DA BIODIVERSIDADE COLOMBIANA

Estima-se que a Colômbia possua 10% da biodiversidade do planeta e que cerca de 81 grupos indígenas vivem no país. É o primeiro país em riqueza de espécies de aves (1850 espécies), anfíbios (669 espécies) e possui grande riqueza de mamíferos (471 espécies).

SANÇÕES AOS CRIMES AMBIENTAIS

Lei 1453 de 2011

ARTIGO 29: Uso ilícito de recursos naturais renováveis. Que em violação da legislação existente apropria entrar, explodir, transporte, segure, tráfegos, comércios, explorar, tirar ou benefícios dos espécimes, produtos ou peças faunísticos, floresta, recursos florísticos, aquáticos, biológicos ou genéticos biodiversidade colombiana, ser sujeito a prisão de quarenta e oito (48) para cento e oito (108) meses e multado em até trinta e cinco mil (35.000) salários mínimos mensais legais.
A pena será aumentada de um terço à metade, quando as espécies são classificadas como ameaçadas, ameaçadas ou migratórias, raras ou natureza endêmica do território colombiano.
ARTIGO 30: Violação de fronteira para a exploração ou uso de recursos naturais. O estrangeiro que se engaja no território acto não autorizado nacional de exploração, prospecção, exploração ou extração de recursos naturais, passível de prisão de sessenta e quatro (64) a cem 44 meses (144) e uma multa de 133 ponto trinta e três (133,33) a quarenta e cinco mil (45.000) salários mínimos legais em vigor.
ARTIGO 32: Manejo Ilícito de Espécies Exóticas. Que, com violação dos regulamentos existentes, digite o transplante, manipular experiência, inocular, ou espalhar fauna exótica, invasora, que põem em perigo a saúde humana, o meio ambiente, espécies de biodiversidade colombiana susceptíveis de prisão de quarenta oito (48) para cento e oito (108) meses e uma multa de 133 vírgula trinta e três (133.33) para quinze mil (15.000) salários mínimos mensais.
ARTIGO 33: Danos aos recursos naturais. Que, com violação dos regulamentos existentes destrói, desativa, fazer desaparecer ou os recursos naturais danificados referidas no presente título, ou aqueles que lhes estão associados, passível de prisão de quarenta e oito (48 por cento) 8 (cento e trinta e oito) meses e multa de cento e trinta e três (trinta) e trinta e três (133,33) a quinze mil (15.000) salários mínimos legais em vigor.
A penalidade será aumentada em um terço a metade quando:
- Afetar ecossistemas naturais, classificados como estratégicos, que fazem parte do Sistema Nacional, Regional e Local de áreas especialmente protegidas.
- Quando o dano é uma conseqüência da ação ou omissão daqueles que exercem funções de controle e vigilância.
ARTIGO 34: Poluição ambiental. Que, com violação dos regulamentos existentes, fazendo com que, contaminar ou direta ou indiretamente realizar emissões, descargas, radiação, ruído, depósitos ou disposições no ar, atmosfera ou outros componentes do espaço aéreo, solo, subsolo, águas subterrâneas, mar ou nas águas subterrâneas ou de outros recursos naturais, de tal modo que põe em perigo a saúde humana ou da fauna, floresta, recursos florísticos ou aquáticos, incorrer, sujeita a administrativa que possam ser sanções adequadas em prisão cinquenta e cinco (55 ) a cento e doze (112) meses e multa de 140 (cento e quarenta) a cinquenta mil (50.000) salários mínimos legais em vigo
ARTIGO 35: Poluição ambiental por resíduos sólidos perigosos. Que, com violação dos regulamentos existentes armazenados, transportados ou eliminação inadequada, resíduos sólidos, perigosos ou detritos, de modo a pôr em perigo a qualidade dos corpos d’água, solo ou subsolo vontade prisão de dois (2) nove (9) anos e multa de 133.33 (cinquenta e três) pontos e trinta e três mil (cinquenta mil) salários mínimos mensais vigentes.
A penalidade será aumentada de um terço a metade quando, no cometimento de qualquer um dos eventos descritos no artigo anterior, a saúde humana estiver ameaçada.
ARTIGO 38: Atividade de pesca ilícita. Que sem a permissão da autoridade competente ou violação dos regulamentos existentes, a actividade da pesca conduta, marketing, transporte ou armazenamento de amostras ou produtos proibidos espécie ou em áreas ou áreas de reserva, ou em períodos fechados em área proibida ou explosivos, substância venenosa, ser sujeito a prisão de quarenta e oito (48) a cento e oito (108) meses e uma multa de até 50.000 (cinqüenta mil) salários mínimos mensais legais.
Caça ilegal Que sem a permissão de regras competentes ou violar existentes, excede o número de peças autorizados ou Cazare no período de defeso, autoridade responsável à prisão de 1 (um) a 3 (três) anos e uma multa de 20 (vinte) a quinhentas ( 500) salário mínimo legal mensal em vigor, desde que a conduta não constitua crime punível com pena maior.

GESTÃO INTEGRAL DOS RESÍDUOS GERADOS

Ratificamos nosso compromisso de garantir o cuidado com o meio ambiente, operando um turismo sustentável.
Aprendemos, por meio de sensibilização, treinamento e atribuição de responsabilidades que cuidar do meio ambiente com o qual devemos nos comprometer: separar os resíduos da fonte, classificá-los, manter registros e fazer a disposição final adequada deles, para isso implementamos e disseminamos nossas o programa “GESTÃO INTEGRAL DE RESÍDUOS”, que com o compromisso de seus colaboradores, fornecedores e turistas, está em operação desde o ano de 2015.
CLASSIFICAÇÃO DOS DIFERENTES TIPOS DE RESÍDUOS
• CANECA E BOLSA VERDE:
Resíduos comuns (guardanapos, filme plástico, varredura, icopor e tetra pack) (Um ponto de coleta foi estabelecido em cada trabalho).
• CANECA E SACO AZUL:
Resíduos orgânicos após o consumo. (Um único ponto de coleta foi estabelecido na sede).
• CANECA E BOLSA VERMELHA:
Resíduos da irrigação biológica (Apenas um ponto de coleta foi estabelecido na sede, banheiro).
• CANECA E BOLSA CINZA: Papelão, plástico, vidro, papel, jornal, papelão dobrável, liso e enrugado, sacolas plásticas, copos descartáveis, PET, embalagens plásticas e de vidro como garrafas; Tudo deve ser armazenado limpo e seco, pois é o material que pode ser reutilizado. (Um ponto de coleta foi estabelecido em cada trabalho).
PESAGEM DE RESÍDUOS:
1. Lixo comum: Todo trabalho é coletado diariamente, pesado e o registro é mantido. (Eles não são recicláveis).
2. Resíduos orgânicos: são pesados ​​diariamente e o registro é mantido (restos de comida).
3. Risco biológico: São pesados ​​diariamente e o registro é feito (banheiros).
4. Resíduos recuperáveis: Todo trabalho é coletado todos os dias, a pesagem é feita semanalmente e o registro é mantido. (com o manuseio adequado, eles são reutilizáveis).
DISPOSIÇÃO FINAL DE RESÍDUOS:
Os resíduos pertencentes aos grupos 1, 2 e 3 são entregues, pesados ​​e separados diretamente no centro comercial, onde há uma pessoa responsável pela entrega dos coletores e da recicladora.
O desperdício do ponto 4 (REUSÁVEL) é entregue a um empregado do centro comercial, juntamente com aqueles gerados pelas outras instalações do centro comercial e entregues sempre ao mesmo reciclador (foi autorizado a entregar sempre ao mesmo reciclador). pessoa)

MANUSEIO DE RAES (RESÍDUOS DE APARELHOS ELÉTRICOS E ELETRÔNICOS)

Este tipo de lixo não possui um saco de identificação.
A agência delegou um responsável pela gestão desse lixo, cuja função é coletar e levar ao ponto de dispensação da empresa especializada no manuseio desse tipo de resíduo.
Empresa selecionada: LITO S.A.S
A agência vincula-se à LITO ao seu programa POINT LITO, que permite acumular pontos para os quilos entregues, e esses pontos são resgatados em auxílio para diferentes fundações em todo o país.

Comments are closed.